Mitos/Factos Alimentares

  Neste separador decidimos apontar alguns factos e mitos que a maoioria da população afirma, ou pensa. Viémos, então, por este meio, acabar com algumas confusões.  

  O Ananás emagrece
  FALSO

Picture
  Segundo esta ideia, bastava comer bastante ananás para se estar sempre na linha! Mas como é que terá nascido este mito?
  O ananás contém uma enzima – a bromelina – que tem a propriedade de facilitar a digestão de proteínas.
  No entanto, a ideia que se difundiu é que a enzima digeria as gorduras, ou seja “emagrecia”.
  Mas as confusões não ficam por aqui: para além disso, esta enzima não se encontra na polpa do ananás, mas sim naquilo que se chama coroa, e em quantidades muito pequenas. E só está activa na fruta fresca, por isso é impossível que o ananás de lata contenha bromelina. E ainda mais impossível é que o ananás emagreça, pois tem valor calórico, tal como todos os alimentos, à excepção da água.

  Saltar refeições ou dieta canguru

  Grande parte das raparigas admite saltar refeições com o objectivo de perder peso. As refeições que desaparecem graças a esta dieta “canguru“ são normalmente as refeições matinais, nas quais é mais fácil controlaram fome. À partida, poderá parecer que esta “técnica” faz todo o sentido, uma vez que saltar uma ou duas refeições por dia levará a que o total diário de calorias ingerido desça consideravelmente. No entanto, à medida que o dia vai decorrendo, estes “saltos” poderão levar a ataques de fome e à digestão descontrolada de alimentos. E o mais grave de tudo é que a prática desta dieta pode interferir com a regulação natural do apetite e levar a pessoa a ultrapassar os “níveis de fome” normais e a ter verdadeiros “ataques de fome”. Ou seja, a médio prazo, esta prática poderá conduzir á obesidade.

  O pão engorda?

Picture
  Este é um ERRO muito generalizado, que começa aos poucos a ser reconhecido. Depois de ter sido banido de muitas mesas, o pão faz aos poucos a sua reaparição, reconquistando o lugar importante que merece na nossa alimentação. Apesar de não fazer engordar, como tantas vezes se ouve dizer, é importante não esquecer que é muito rico em glícidos, fornecendo-nos calorias: por cada 100g que comemos, recebemos 250 kcal. E também convém lembrar que com pão, come-se sempre mais qualquer coisinha, e talvez seja esse o verdadeiro problema...

  Há alimentos bons e maus

  Todos os tipos de alimentos podem ser aproveitados como parte de uma dieta nutritiva. Do ponto de vista da nutrição, um determinado alimento não é “bom” nem ”mau” por si só. O que importa é de que forma determinado alimento complementa ou se associa com outros alimentos a fim de satisfazer as necessidades energéticas e nutritivas de uma pessoa. O melhor conselho é que todos devem comer uma grande variedade de alimentos distribuídos ao longo do dia. O importante é saber dosear...

  O álcool aquece?

Picture
  Depois de se beber uma bebida alcoólica, pode sentir-se de facto uma sensação de calor que se espalha aos poucos pelo organismo, sobe às faces, e dá uma sensação de bem-estar. No entanto, este aquecimento é apenas temporário: o álcool dilata os vasos sanguíneos, o que faz com que em pouco tempo o calor disperse e se perca. Assim, depois de se sentir algum calor, a sensação é de frio e desconforto, sobretudo se se estiver em jejum e cansado.
                                                                                                                                                                       Nota: Na maioria dos casos.